Pedal Verde Brasil

Pedal Verde Brasil
Original Trip Adventure

terça-feira, 19 de julho de 2016

Casal integrante do grupo do Pedal Verde Brasil tem a sua vez de abraçar o Parque Nacional do Iguaçu


          Com o incentivo dos amigos bikers e família, Fernando e Kadija, ganharam força e no final do mês de junho pedalaram e deram continuidade ao “abraço ecológico” em nosso Parque Nacional do Iguaçu, a tão famosa volta que é realizada anualmente pelos integrantes do grupo Pedal Verde Brasil. 
       O planejamento da Cicloviagem saiu do papel e devido a sua extensão, em torno de 450km, exigiu não só o perfil “biciclético” e sim “atlético”, já que em média os trechos são de 80km/dia pedalando em estradas rurais e sem carro de apoio (há de se considerar o peso das bagagens).
          Eis que era a primeira Cicloviagem do casal e as perguntas fervilhavam, do tipo:

O que temos que comprar? Mas será que temos que comprar mesmo? Compramos e levamos somente o necessário, emprestamos os alforjes.
Onde vamos dormir? Com os trajetos estratificados por trechos, iniciamos então as pesquisas e reservas em hotéis. Nosso interesse era de conhecer e desfrutar lugares ao ar livre, portanto o quarto era o que menos importava, desde que pudéssemos manter as bikes em segurança e garantir uma boa noite de sono para reabastecer as energias... é claro!
Mas não é perigoso passar pelo meio do PNI em estrada de chão com floresta dos dois lados? E as onças? Ahh... sinceramente, se pensássemos muito, nem sairíamos de casa! Nossa disposição era o que nos movia e nos encorajava.
Mas é inverno, não vai estar muito frio? Justamente, era muito frio para ficar dormindo!!!

Ops, sem ponte, tivemos que improvisar. @Lindoeste

Interior de Lindoeste

Travessia de "barquinho" com seu Wilson, de Capitão a Capanema (acima da Usina do Baixo Iguaçu) 

@Capanema, nos fundos Rio Iguaçu.
Após Usina do Baixo Iguaçu, sentido Capanema
Porto Lupion, onde existia a travessia da balsa na antiga Estrada do Colono (Serranópolis à Capanema)

Andresito - Argentina

Marco Naval @Andresito
Nos fundos a estrada que atravessa o Parque Nacional do Iguaçu. (Caburei à Puerto Iguazu) 

Entrada do Parque Nacional do Iguaçu (Caburei - Argentina)

Estradas lisinhas no meio do Parque Nacional do Iguaçu
 
       Mesmo com todas estas dúvidas e certezas, a Cicloviagem foi inesquecível, pois conhecemos lugares e paisagens de tirar o fôlego, conhecemos pessoas que nos acolheram, nos motivaram e se tornaram nossos amigos, além de que o fato de ser uma Cicloviagem internacional nos permitiu conhecer um trecho da Argentina que nos impressionou não só pelo seu povo e cultura, mas pelas estradas de terra reluzentes em meio ao Parque Nacional do Iguaçu.

Acesse também FACEBOOK e Instagram #efekbike  e #pedalverdebrasi


Por: Pree & Kadija

quarta-feira, 6 de julho de 2016

::PEDAL VERDE BRASIL TEAM , sobe cinco vezes no pódio na etapa de Corbélia

Neste último final de semana , aconteceu a  5ª Etapa do Campeonato Regional Oeste de Mountain Bike XCM (Maraton) em Corbélia na comunidade do Planalto Piquerizinho.   E o Pedal Verde Brasil Team, esteve lá com seus atletas  na busca do pódio. 

O evento teve a presença de mais de 140 atletas de várias cidades do Paraná, que encararam as difíceis subidas nas categorias Light (17 km), Sport(30 km) e na Pro(50 km).





O trajeto nos três percursos foi bem técnico, sendo percorrido em estradas rurais, com subidas intermináveis, curvas acentuadas, pedras soltas, valetas, o sol que não dava trégua e também longas retas. 
O trajeto nos três percursos foi bem técnico, sendo percorrido em estradas rurais, com subidas intermináveis, curvas acentuadas, pedras soltas, valetas, o sol que não dava trégua e também longas retas. 

Mesmo com as dificuldades os atletas Alex Malacarne, Felipe Trento, Cezar Junior, Jeferson Luis (Black) e Renato Begnini,  terminaram e conseguiram bons resultados.


O evento chega a sua 5ª  etapa, das 8 no total ao longo do ano. As próximas cidades que terão provas são Nova Aurora(XCO), Medianeira (XCM) e por final Guaíra(XCO).



 Os Resultados de um trabalho de  muita dedicação do "Team" já estão aparecendo:
Alex Jr. Malacarne  - 1° Lugar / Light Inf. Juv.
Cezar Junior  - 2° Lugar / Sub 30
Jeferson Zummach  - 4° Lugar / Sport 40 a 49
Renato Begnini  - 4° Lugar / Sport 51 a 61
Felipe Trento -  5° Lugar / Pro Elite




















Os atletas do Pedal Verde Brasil Team agradecem aos patrocinadores que acreditam no esporte: VITALIZZE , MOTOBIKE E JORNAL NOSSA FOLHA




Por: Black

quarta-feira, 22 de junho de 2016

O 4º Circuito Regional de Cicloturismo da Região Cataratas do Iguaçu e Caminhos ao Lago de Itaipu - Etapa de Foz do Iguaçu

O 4º Circuito Regional de Cicloturismo da Região Cataratas do Iguaçu e Caminhos ao Lago de Itaipu é uma promoção e realização da Adetur Cataratas e Caminhos, com o apoio do Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu e organização das prefeituras municipais e grupos de pedal de cada município.

O “Circuito Regional de Cicloturismo Cataratas do Iguaçu e Caminhos ao Lago de Itaipu” tem como objetivo valorizar os ambientes naturais propícios a prática da atividade, o lazer, a diversão, bem como, promover o turismo nesta região, pela divulgação do destino. 




Propõe a realização de circuitos de cicloturismo divididos em etapas, que são realizadas nos municípios associados da Adetur que compõe a região Cataratas do Iguaçu e Caminhos ao Lago de Itaipu.




O evento teve início no mês de fevereiro que já teve sua passagem por Medianeira, e se prolonga até dezembro, com  a realização de etapas mensais e sorteio de diversos prêmios no encerramento do Circuito , entre eles, bicicletas.



E neste final de semana o município que 
sediou a etapa foi Foz do Iguaçu, teve recorde de participação, com mais de 700 ciclistas inscritos. O evento aconteceu no Clube ICLE, a beira do Lago de Itaipu, teve dois trajetos para serem percorridos pelos ciclistas, que passaram pelas lindas paisagens do Lago e também Itaipu.


Medianeira teve vários grupos organizados de ciclistas que participaram, entre eles o Pedal Verde Brasil, que neste próximo final de semana estará participando da Etapa Regional Oeste de Mountain Bike em Corbélia.


A próxima Etapa do Circuito Regional de Cicloturismo Cataratas do Iguaçu e Caminhos ao Lago de Itaipu será no município de Entre Rios do Oeste no mês quem vem, 17 de julho. 


 Por: Black






quarta-feira, 27 de abril de 2016

::Medianeira conquista 1º e 6º lugares em categorias do Campeonato Regional Oeste de Mountain Bike XCO

Evento aconteceu no último fim de semana em Toledo
O Pedal Verde Brasil Team, participou neste fim de semana da 3ª Etapa do Campeonato Regional Oeste de Mountain Bike XCO em Toledo/Pr.
Os atletas Felipe Trento (Elite) e Cezar Pereira (Pro-Open) representaram o time. 


O evento ocorreu na Estância Marreco, realizado pelo Ciclismo Oeste. Pela manhã houve os treinos livres e reconhecimento do percurso, a tarde, às 14 horas começaram as primeiras baterias.




Felipe Trento, largando pela elite, categoria bastante forte, brigou e conseguiu o 6º lugar. Na sequência largou a categoria do Cezar Pereira (Pro-open), onde ele ficou em 1º.





A próxima etapa é de XCO também e será em Foz do Iguaçu, a equipe deve treinar muito também para esta competição. 

A equipe Pedal Verde Brasil Team, que representa o município no Regional, agradece o desempenho e dedicação dos atletas e da equipe técnica e já espera a próxima etapa, o agradecimento vai também para o Ciclismo Oeste, pelo belo evento realizado.
Jornal Nossa Folha sempre no apoio do esporte, valeu galera.

::Ciclistas (Pedal Verde Brasil) percorrem 90 quilômetros até a Argentina

Percurso é feito as margens do Parque Nacional do Iguaçu No último sábado, 02 de abril, um grupo de oito ciclistas, além de duas pessoas para resgate de Medianeira e região fizeram um percurso diferente, eles pedalaram 90 km até a Argentina. 




O caminho escolhido foi a Estrada Velha de Guarapuava, “este percurso, para alguns integrantes era novidade, para outros, a exemplo do Pedal Verde Brasil, o trecho já é uma rota tradicional de Cicloturismo” comentou Jeferson Luis Zummach, participante do grupo.
A Estrada Velha de Guarapuava tem trechos excelentes e é bem conservada para a prática, sem falar da natureza exuberante do PNI. 






O grupo de ciclistas saiu de Medianeira por volta das 06h15 e chegou em Foz do Iguaçu no Portal do PNI as 11h30, fez uma breve pausa para fotos e logo seguiram para Puerto Iguazú na Argentina, onde houve a confraternizarão. 













Estiveram nesta trip os grupos Pedal Verde Brasil, Pedal Manguaça e o Canelas Bike de São Miguel do Iguaçu. Jeferson lembra que Medianeira em breve terá uma Associação representando os grupos, Associação MTB Medianeira. Ciclovia entre Cascavel e Foz Está em andamento um planejamento para a criação de uma rota ciclística que vai ligar Cascavel a Foz do Iguaçu pela Estrava Velha de Guarapuava, às margens do Parque Nacional do Iguaçu. Ela terá 166 quilômetros de extensão.

O trajeto já foi mapeado e georreferenciado pelos profissionais do Centro Internacional de Hidroinformática (CIH). A próxima etapa é conferir as características do percurso no local. Será feito um estudo de viabilidade, o projeto de engenharia e a execução final.
A preocupação é manter o trajeto original e histórico da antiga estrada que fazia a ligação entre Foz do Iguaçu e Guarapuava.

segunda-feira, 28 de março de 2016

::Ciclistas Percorrem 53km no Cicloturismo Integrado



A etapa integrada de Cicloturismo Regional que foi realizada domingo (20), levou 280 ciclistas para conhecer algumas propriedades com atrativos de Turismo Rural em Serranópolis do Iguaçu e Medianeira.

O dia nem havia clareado e as 6h30 muitos ciclistas chegavam para confirmar a inscrição e tomar o café da manhã servido no Flor da Serra Recanto Familiar, preparado pela agroindústria Doces Camargo. Autoridades dos dois Municípios estavam presentes, Prefeito e Secretários deram as boas vindas. 

Após orientações e um breve alongamento, os ‘pedalantes’ partiram divididos em três pelotões: ciclistas mais rápidos, intermediários e os mais lentos. 
Passeando por estradas de paralelepípedo, de cascalho e de terra, o roteiro passou pelo Pesque Pague Esponchiado até chegar no Recanto Schmidt, onde os ciclistas encararam uma trilha em meio a mata, ao som de gaita entoada pelo Seô Camilo, proprietário do lugar.

Após cruzar a divisa para Medianeira, algumas estradas de roça em meio a lavouras de milho eram a grande atração. No sítio da família Slongo, próximo do aeroporto, um cenário rural foi montado embaixo de um abacateiro, com a degustação produtos coloniais e frutas que brindavam a passagem dos pedalantes, ponto de parada obrigatória e de descanso, não sem antes passar pelo pomar de figos.




 Mais alguns quilômetros de estrada e os cicloturistas chegaram para o almoço no sítio do Beto, na Linha São Miguel Arcanjo, que fora animado com músicas italianas, pelo grupo Nostra Gente. Além de se alimentar, foi na sombra densa e abundante de muitas árvores que muitos deitaram e descansaram, aproveitando a parada de algumas horas.

No início da tarde, devido ao sol forte, alguns ciclistas acabaram desistindo de seguir o trajeto. Porém, a maioria seguiu o passeio que, ainda na Linha Mineira, parou no Sítio da Marlene, onde um banquete de produtos coloniais aguardava os ciclistas.

De volta a estrada o percurso passou pela comunidade de Linha Dourado até chegar novamente em Serranópolis do Iguaçu, onde um túnel verde de mato foi o ponto de parada obrigatória para hidratação. Mais alguns quilômetros de pedalada, uma rápida passagem pelo Bairro Flor da Serra até chegar ao ponto final do passeio no Recanto Familiar.

Exaustos, os ciclistas comemoravam o feito de percorrer 53 km embaixo de um sol escaldante. 

Para finalizar, com o apoio de muitas empresas, foi realizado um sorteio de brindes, valorizando os ‘pedalantes’ que completaram o roteiro. Entre os prêmios, estavam duas bicicletas que foram sorteadas para duas mulheres, uma de Cascavel – Debora Cavalli – e outra de Medianeira – Eliziana Travessini.

O trajeto todo foi guiado por ciclistas mais experientes dos grupos envolvidos na organização e acompanhados de perto por equipes da Polícia Militar, que garantiram a segurança dos participantes do evento.






quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

:: Medianeira e Serranópolis do Iguaçu irão realizar a 1ª Etapa Integrada do Circuito Regional de Cicloturismo Cataratas do Iguaçu Destino do Mundo e Caminhos ao Lago de Itaipu

Os municípios de Medianeira e Serranópolis do Iguaçu abraçaram um grande desafio: realizar a 1ª primeira etapa integrada do 4º Circuito de Cicloturismo da Região Cataratas e Caminhos, promovido pela Adetur e organizado pelos municípios lindeiros em parceria com os grupos organizados de pedal (Pedal Verde Brasil, Pedal Manguaça e Pedal Caminho do Colono) .
O evento será realizado no dia 20 de março, por isso nesta terça-feira (23) os principais envolvidos na organização se reuniram no Sesc Medianeira para a definição das atribuições.
Nesta etapa integrada os ciclistas irão percorrer 50 km divididos entre os dois municípios, passando por atrativos turísticos, degustando café e almoço rural, além de concorrer a vários prêmios, entre eles bicicletas e equipamentos esportivos.
Maiores informações serão disponibilizadas em
breve, assim como as inscrições para os interessados nessa modalidade de turismo, tanto no site da Adetur quanto dos municípios de Medianeira e Serranópolis do Iguaçu.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

::Cicluturismo em Missal reúne mais de 500 ciclistas de toda região

Mais um evento esportivo movimentou o município de Missal. O Cicloturismo, organizado pela Adetur em parceria com a Associação dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, reuniu 514 ciclistas de toda região na 1ª etapa de 2016 no último domingo, dia 21 de fevereiro.
Esse já é o 4º circuito de Cicloturismo na região, organizado pela Adetur. A largada e chegada foi no Terminal Turístico de Vila Natal, a Praia Artificial de Missal. A próxima etapa será integrada, organizada por Medianeira e Serranópolis do Iguaçu. O evento está previsto para dia 20 de março.
Cicloturismo em Missal
Os participantes puderam optar por dois trajetos. O maior tinha 45,02 km, com 28 km de estrada de chão, 5,7 km com pedra irregular e 11,5 km de asfalto, com dificuldade moderada. Já o menor trajeto foi de 34,8 km, com 17 km de estrada de chão, 3,4 km de pedra irregular e 14,5 km de asfalto, também com dificuldade moderada.
A turma do pedal pode aproveitar uma extensa trilha na mata, preparada pelo grupo Pedalando Missal, bem como puderam pedalar sobre a ponte molhada, um dos pontos turísticos de Missal. A recepção dos participantes já aconteceu no sábado à noite na prainha com um Luau preparado pelo Pedalando Missal. O Café da manhã e o almoço foram servidos na Prainha.



Além disso, foram sorteados diversos brindes doados por empresários da região e o grande sorteio do evento foi uma bicicleta Oggi, no valor de R$2.280,00, doado pela Administração Municipal de Missal. A ganhadora da bicicleta foi Adroeci Maria Cardoso de Toledo-PR. O evento fez parte da programação de aniversários dos 33 anos de Emancipação de Missal.
Adroeci Maria Cardoso de Toledo foi sorteada e levou uma bike Oggi.



Cobertura
Mais uma vez a equipe deu show na cobertura do evento. Um ultraleve sobrevoou o percurso e registrou diversas imagens aéreas dos participantes do Cicloturismo. Além disso, foram feitos diversos registros em meio à trilha e ainda na Ponte Molhada. As fotos estarão disponíveis no facebook da Prefeitura (www.facebook.com/prefeiturademissal) e no site oficial do municíwww.missal.pr.gov.br)