Páginas

domingo, 5 de outubro de 2014

::Ciclovia de 70 mil quilômetros vai ligar 43 países da Europa::

Até 2020 a Europa contará com uma ciclovia gigante que fará a ligação entre 43 países. No total, 14 grandes rotas somarão 70 mil quilômetros de extensão e poderão ser usadas por turistas que curtem viagens alternativas ou pela população para o deslocamento diário.

De acordo com a Federação Europeia de Ciclistas (ECF), cada uma das rotas recebeu um nome que reflete as paisagens e histórias que serão encontradas pelo trajeto.

Com trechos urbanos e rodoviários, a EuroVelo vai favorecer tanto o turismo histórico quanto o ecológico

A maior delas terá mais de 10 mil quilômetros de extensão, a Eurovelo 13, que vai atravessar 20 países. O percurso começa na cidade de Kirkenes, no norte da Noruega, e segue por países como a Rússia, Alemanha e Hungria até chegar ao pequeno vilarejo de Rezovo, que fica na fronteira entre a Bulgária e a Turquia.

Outra rota que promete belas paisagens é a Eurovelo 2, apelidada de Rota das Capitais. Ela terá mais de 5 mil quilômetros e irá ligar a cidade de Galway, na Irlanda, até Moscou, na Rússia.  
Alguns trechos já estão prontos, como, por exemplo, o que liga Dublin (Irlanda) ao interior da Polônia. No meio deste caminho, os viajantes vão cruzar ainda Londres (Inglaterra), Haia (Holanda) e Berlim (Alemanha).

Para planejar viagens nos trechos concluídos, basta acessar o o site da ECF. Na página, além de um mapa interativo das rotas, é possível visualizar os principais pontos turísticos de cada caminho. (Com informações da Exame.com)
 

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Natural: Ciclistas percorrem a América há 3 anos para promover o amor à natureza

 
Três ciclistas de Brasil, México e Argentina percorrem há quase três anos o continente americano em suas bicicletas para promover o amor pela natureza e mostrar que é possível viajar com poucos recursos.

Os aventureiros, que chegaram esta semana à Bolívia, partiram de Buenos Aires em 2011 com a intenção de dar a volta no continente americano e, desde então, já visitaram 16 países, segundo contaram à Agência Efe.
O brasileiro Gustavo Nemitz, de 32 anos; o argentino Santiago Sarmiento, de 37; e o mexicano Marco Berumen, de 32, são os três protagonistas desta "Ecovuelta", que lhes levou de Buenos Aires e por toda a costa atlântica até o Alasca, de onde empreenderam a viagem de volta pelo litoral Pacífico.
Inicialmente foram Nemitz e Sarmiento que começaram o périplo na Argentina no dia 15 de outubro de 2011, enquanto Berumen, que trabalhava como guia de turismo na cidade mexicana de Riviera Maya, se uniu a eles posteriormente.
Nos lugares que visitaram pronunciaram conferências em escolas, universidades e empresas para transmitir sua mensagem e estimular as pessoas a realizar seus sonhos.
Os aventureiros disseram à Efe que sobreviveram graças ao apoio das pessoas, empresas e embaixadas.
Sua viagem lhes levou a pernoitar em "templos de todas as religiões e estranhos lugares como uma praça de touro no Panamá e em uma funerária no Uruguai", lembrou Berumen.
Os ciclistas entraram na Bolívia há poucos dias pela cidade de Copacabana, na fronteira com o Peru, e foram pedindo ajuda aos aldeões do planalto até que conseguiram chegar a La Paz, onde agora se hospedam em um albergue.
O brasileiro Gustavo Nemitz e o argentino Santiago Sarmiento trabalhavam em Buenos Aires em um estúdio de gravação antes de empreender a travessia ciclista.
"A vida é uma só, é preciso desfrutá-la toda e tentar realizar os sonhos" disse o brasileiro, que garantiu que mesmo sem dinheiro uma pessoa pode fazer grandes coisas com projeção, esforço e planejamento, "acreditando que é possível".
Por sua vez, o argentino Sarmiento relatou que o objetivo de sua viagem é "desaprender" e "desapegar-se" de coisas que não lhe serviram para a vida.
"Talvez não nos eduquem para a liberdade, nos educam com instruções, como o medo ou o senso de pertinência a grupos; a viagem te solta da sociedade e te ensina a conectar-se de diferente maneira com as pessoas" comentou.
O viajante defendeu que uma bicicleta não é um veículo de "pobres", pois com ela se pode "apagar" as fronteiras, ao contrário de outros meios de transporte, como o avião ou o carro, que, segundo sua opinião, isolam as pessoas.
Após sua estadia em La Paz, os ciclistas irão à cidade andina de Oruro e ao Salar de Uyuni, para depois entrar na Argentina pelo povoado boliviano de Villazón.

Fonte: Gazeta do Povo

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Pedarilhos: Dicas para Acampamento na Beira da Estrada

"Já fizemos muitos acampamentos na beira de estrada: estradinhas de chão sem movimento, estradinhas de chão tão movimentadas que acordamos empoeirados, estradas de asfalto com pouco movimento, ao lado de uma rodovia triplicada e muito movimentada, escondidos, e também bem visíveis". 


Em nenhuma noite alguma pessoa veio nos importunar. Ou não nos demos conta enquanto dormíamos pesado. Nunca tivemos surpresas desagradáveis até agora. Alguns sustos sim, mas nada que oferecesse risco real. Em geral, os barulhos que faziam nosso coração disparar nas primeiras noites, pensando que alguém estava a mexer em nossas bicicletas ou na barraca, não passavam de ratos tentando chegar até nossos estoques de comida!

Para fazer um acampamento na beira da estrada não há segredo, você precisa se sentir confiante e tranquilo com o local, pois precisa de descanso, mas basicamente é encontrar um local semi-plano, semi-liso, não precisa nem ser macio, o restante é com o seu psicológico. Ok, não é lá tão simples, várias vezes tivemos medo e receio, mas não chega a nos impedir de ter uma boa noite de sono, o cansaço é mais forte! Seguro-seguuuuro, nenhum de nós está, nem mesmo dentro de uma casa de paredes de concreto rodeada de cerca elétrica. Alguém aí já disse que viver é perigoso?! É só nascer pra começar tudo isso…

Para fazer um acampamento na beira da estrada não há segredo, você precisa se sentir confiante e tranquilo com o local, o resto é com seu psicológico!

Depois de muitas noites bem dormidas ao lado da estrada descobrimos algumas medidas que nos ajudaram a encontrar tranquilidade mesmo estando vulneráveis, protegidos apenas por Deus e uma casa de pano. Ah, e claro, já ia me esquecendo, obrigado Anjos da Guarda!

  • Em estradas movimentadas, procuramos um local escondido entre a vegetação e longe da vista de outras pessoas, casas, etc;
  • Em estradas movimentadas sem outra opção para nos escondermos, entramos na primeira estradinha de chão que parecer promissora por um ou dois km;
Carregamos toda a água que precisamos para passar a noite e parte da manhã seguinte (volume que varia conforme a região e a quantidade de informação que temos do local adiante). Depois do meio dia já começamos a sondar onde conseguiremos água se a intenção é acampar na beira da estrada.

  • Em estradas de chão tranquilas procuramos um local escondido, mas se durante todo o dia poucas pessoas passaram por nós, então mesmo ao lado da estrada sem nos esconder nos sentimos seguros.
  • Estradas asfaltadas tranquilas que não oferecem um local escondido, apenas nos afastamos algumas centenas de metros, de modo que quem passa à noite não compreenda o que vê distante, dificilmente no escuro saberão que se trata de uma barraca. Para isso uma cor de barraca escura ajuda um pouco, bem como ausência de material refletivo no equipamento. Também tomamos o cuidado para montar a barraca num local em que os faróis dos veículos não estejam na nossa direção.
  • Em terreno montanhoso, onde não há muita área plana disponível, prestamos atenção à estradas laterais utilizadas durante a construção da estrada principal, pois foram espaço utilizado para guarda de maquinário e manobra. As vezes são a única oportunidade de acampar em local plano e com ausência da densa vegetação. Mesmo assim procuramos nos informar sobre o relevo do dia seguinte, para ter uma noção se haverá onde parar. Muitas vezes se chega ao topo e é grande a chance de ser uma área ampla e plana (e geralmente mais fria).

Quando encontramos um bom lugar para acampar, já estamos cansados mas não estamos nos sentido muito seguros, esperamos a noite cair, afastados de onde pretendemos montar a barraca, cozinhamos a janta (sem fogueira), nos lavamos, lemos… Essa é uma forma de passar tempo até que a escuridão seja nossa aliada. Caiu a noite, nos dirigimos ao local escolhido e montamos a barraca no escuro, sem lanternas. Para estas situações é ótimo contar com uma barraca de fácil montagem e de cor escura. Se ninguém nos vê, dificilmente alguém nos encontrará.

Fonte:www.pedarilhos.com.br




terça-feira, 8 de julho de 2014

Desafio Pedal Verde Brasil XCM 2014

    Eletrizante, foi a descida dos competidores pela ladeira do morro da Salete neste domingo, para se posicionarem para a largada desta prova que certamente marcou o início de uma nova fase para o ciclismo em Medianeira.

     Organizado pelo grupo Pedal Verde Brasil em conjunto com o Ciclismo Oeste eventos, pode-se dizer que a prova transcorreu de forma que agradou a todos os competidores e organizadores bem como o público que compareceu para assistir ao evento. Foram 88 inscritos que largaram em diversas categorias percorrendo o trajeto de 38,7 quilômetros, o qual foi bastante elogiado pelos competidores pela geografia e pelas belas paisagens do campo.

    O clima estava bastante agradável com temperaturas amenas e no final da prova da categoria elite,decidida nos dez metros finais, já começava uma chuva fina que persistiu pelo restante do dia,
fazendo com que a chegada dos demais competidores nos 6 quilômetros finais em ascendente, ganhassem uma dificuldade extra. Após a premiação foi servido um almoço típico da comunidade do Morro da Salete, o qual foi bastante apreciado com muitas pessoas expressando a vontade em retornar para um próximo evento, neste lugar privilegiado conhecido pela religiosidade e agora também pelo ciclismo.

sexta-feira, 20 de junho de 2014

DESAFIO PEDAL VERDE BRASIL XCM 2014

  Foi definido o percurso para a prova de XCM a ser realizada no dia 06 de Julho próximo, em Medianeira. A largada será dada às 8:30 no Morro da Salete e terá um percurso de 38,7 km, em estradas rurais, com paisagens deslumbrantes.











Altimetria:
http://connect.garmin.com/activity/524146680

Link inscrições:

DESAFIO PEDAL VERDE BRASIL MOUNTAIN BIKE – XCM 2014

Data: 06 de Julho de 2014
Local: Morro da Salete – PR 495 Saída para Serranópolis do Iguaçu

Coordenadas GPS: -25.297180, -54.037422
Cidade: Medianeira / Pr
Modalidade:  Marathon (Somente estradas rurais sem trilhas )


INSCRIÇÕES
Período de 28/05 à 02/07 R$ 48,00 + taxa


PROGRAMAÇÃO
Domingo dia 06 de Julho 2014.
Concentração e Assinatura de Sumulas: 07:00 as 08:00hs
Primeira Largada às 08:30hs
Atenção: Não será permitida a assinatura de sumulas após as 08:00hs

PERCURSO, CATEGORIAS, HORÁRIO DE LARGADAS E DISTÂNCIAS:

Percurso de 38.7KM em uma Única Volta

CATEGORIA : MASTER “A”
CATEGORIA:  MASTER “B”
CATEGORIA: OPEN
CATEGORIA: ELITE
CATEGORIA: AMADOR “A”
CATEGORIA: AMADOR “B”
CATEGORIA MASTER “C
CATEGORIA: JUVENIL
CATEGORIA: ELITE FEMININO
CATEGORIA: FEMININO MASTER

Premiação da prevista para às 12:00hs
OBS: Tanto o horário como a distância do percurso podem sofrer alteração com aviso prévio da Organização do Evento pelo Microfone.


 CATEGORIAS

ELITE MASCULINO: (Idade Livre)
OPEN: (17 a 29 Anos Sem Experiência para Elite)
MASTER "A": (30 A 39 Anos)
MASTER "B": (40 A 49 Anos)
MASTER "C": 50 Anos a Cima)
JUVENIL: (15 E 16 Anos)
ELITE FEMININO: (Idade Livre)
FEMININO MASTER: (Acima de 30 ANOS)
AMADOR “A” : (Somente Atletas Amadores até 29 Anos)
AMADOR “B” : (Somente Atletas Amadores de 30 a 49 Anos )

Atenção Haverá Almoço no Local da Prova feito pela Comunidade do Morro:

Valor R$20,00 – Reservas até Quinta Feira 03 de Julho com Jefferson pelo Telefone: 45 – 9935-8884

·                     Macarronada
·                     Pratos Típicos da Comunidade com Mandioca
·                     Churrasco
·                     Vários Tipos de Saladas

 PREMIAÇÃO
Trofeus do 1º ao 3º Colocado em cada categoria.
Medalhas do 4º ao 5º Colocado em cada categoria.

PREMIAÇÃO EM DINHEIRO:

CATEGORIA ELITE MASCULINO:
1º Lugar : R$300,00
2º Lugar : R$190,00
2º Lugar : R$100,00

CATEGORIA MASTER “A”:
1º Lugar : R$200,00
2º Lugar : R$100,00
2º Lugar : R$70,00

CATEGORIA MASTER “B”:
1º Lugar : R$200,00
2º Lugar : R$100,00
2º Lugar : R$70,00

CATEGORIA OPEN:
1º Lugar : R$200,00
2º Lugar : R$100,00
2º Lugar : R$70,00

CATEGORIA ELITE FEMININO:
1º Lugar : R$150,00
2º Lugar : R$100,00
2º Lugar : R$50,00

IMPORTANTE:
·                     Não serão de forma alguma aceitas inscrições no dia do Evento
·                     Não será permitido a assinatura de sumula após o horário estabelecido acima.
·                     O Atleta só poderá receber a premiação no podiun com roupas de ciclismo ou camisa do patrocinador.
·                     Não será permitido de forma alguma atletas andando no percurso do lado esquerdo da Via , o atleta que descumprir será desclassificado da prova sem aviso prévio.



ORGANIZAÇÃO

Realização:  
Ciclismo Oeste Eventos Esportivos
Responsável: Clodoaldo (45) 9912-1004 - Email: clobiker@hotmail.com
Pedal Verde Brasil- Renato-45 8802 2676/Jeferson-45 9935 8884
DÚVIDAS E SUPORTE
Dúvidas relacionadas ao eventoclobiker@hotmail.com
Dúvidas relacionadas às inscrições online: assessocor@assessocor.com.br

domingo, 8 de junho de 2014

Vende-se Focus Raven 29er tamanho L.

Vendo Focus Raven 29er tamanho L.
Suspensão Fox Evolution.
Rodas DT Swiss.
Pé de vela X0.
Trocador D. X0
Trocador T. XT.
Cacete XT.
Passadores SLX.
Pedal Xpedo.
Freio Deore.
Bike em ótimo estado!
R$ 9.500,00
Aceito propostas!


Contato: https://www.facebook.com/rodrigo.ritter.96?fref=nf







quarta-feira, 28 de maio de 2014

Vem aí o Desafio Pedal Verde Brasil de Mountain Bike XCM - 06 julho

O Pedal Verde Brasil está organizando o Desafio Pedal Verde de Mountain Bike XCM. O desafio será no dia 06 de julho no Morro da Salete. As inscrições poderão ser feitas a partir desta quinta-feira (29) no site www.ciclismooeste.com.br.

As inscrições terão um custo de R$50,00. Sendo que haverá 2 mil reais em premiação, mais troféu e medalha para os participantes. A expectativa é que o evento tenha mais de 150 atletas de todo o Paraná, além do Paraguai e Argentina.

De acordo com a organização do desafio haverá almoço por adesão na comunidade do Moro da Salete, sendo que este já deve ser solicitado juntamente com a inscrição. - See more at: http://www.independenciaam.com.br/n.php?nid=16593#sthash.wnu4KXmC.dpuf
O Pedal Verde Brasil está organizando o Desafio Pedal Verde de Mountain Bike XCM. O desafio será no dia 06 de julho no Morro da Salete. As inscrições poderão ser feitas a partir desta quinta-feira (29) no site www.ciclismooeste.com.br.

As inscrições terão um custo de R$50,00. Sendo que haverá 2 mil reais em premiação, mais troféu e medalha para os participantes. A expectativa é que o evento tenha mais de 150 atletas de todo o Paraná, além do Paraguai e Argentina.

De acordo com a organização do desafio haverá almoço por adesão na comunidade do Moro da Salete, sendo que este já deve ser solicitado juntamente com a inscrição. - See more at: http://www.independenciaam.com.br/n.php?nid=16593#sthash.wnu4KXmC.dpuf

O Pedal Verde Brasil está organizando o Desafio Pedal Verde de Mountain Bike XCM.  O desafio será no dia 06 de julho no Morro da Salete. As inscrições poderão ser feitas a partir desta quinta-feira (29) no site www.ciclismooeste.com.br.

As inscrições terão um custo de R$50,00. Sendo que haverá 2 mil reais em premiação, mais troféu e medalha para os participantes. A expectativa é que o evento tenha mais de 150 atletas de todo o Paraná, além do Paraguai e Argentina.

De acordo com a organização do desafio haverá almoço por adesão na comunidade do Moro da Salete, sendo que este já deve ser solicitado juntamente com a inscrição. 


O Pedal Verde Brasil está organizando o Desafio Pedal Verde de Mountain Bike XCM. O desafio será no dia 06 de julho no Morro da Salete. As inscrições poderão ser feitas a partir desta quinta-feira (29) no site www.ciclismooeste.com.br.

As inscrições terão um custo de R$50,00. Sendo que haverá 2 mil reais em premiação, mais troféu e medalha para os participantes. A expectativa é que o evento tenha mais de 150 atletas de todo o Paraná, além do Paraguai e Argentina.

De acordo com a organização do desafio haverá almoço por adesão na comunidade do Moro da Salete, sendo que este já deve ser solicitado juntamente com a inscrição. - See more at: http://www.independenciaam.com.br/n.php?nid=16593#sthash.wnu4KXmC.dpuf

Oportunidade única galera, olha essa bike...

Vende-se uma GT Avalanche 1.0 tamanho 21" com pedaleira, hodômetro cateye e barenders. Com 6 meses de uso. Valor: 2.000, interessados encaminhar e-mail para: fernandoarnoni@hotmail.com ou ligue: 9141 01 76